6 principais Cuidados com o Corpo no Inverno

Quando a temperatura começa a cair, a gente já sente que novas necessidades na rotina de cuidados com o corpo vão surgir. O tempo frio e seco faz com que a pele fique mais ressecada e sensível, precisando de produtos específicos para ficar mais bonita e hidratada.

Para te ajudar a manter a pele saudável durante a estação mais fria, listamos algumas dicas fundamentais de cuidados com o corpo no inverno que deixarão a sua rotina de beleza muito mais completa e adequada. Confira!

Como fica a pele no frio?

Nós já falamos um pouco sobre como fica a pele no frio no nosso texto sobre cuidados com a pele do rosto no inverno e os efeitos são similares no restante do corpo.

Basicamente, o frio atinge o corpo de diversas formas, mas a mais evidente é o ressecamento da pele. Há alguns anos, o British Journal of Dermatology publicou um estudo que explicava que, no frio, as células da pele encolhem, o que prejudica uma proteína essencial para a hidratação e proteção da pele.

E, para entender como fica a pele no frio, precisamos pensar ainda que, associado a esse fenômeno, temos também os longos banhos quentes e a tendência de beber menos água. Ou seja, uma receita pronta para fazer o corpo sofrer com desidratação e que explica por que a pele fica ressecada no inverno.

Além disso, as temperaturas mais baixas também são responsáveis pela constrição dos vasos sanguíneos capilares. Isso deixa a pele com uma aparência mais opaca, perdendo um pouco do seu brilho e viço naturais. E, devido à desnaturação das proteínas cutâneas, ela pode também ficar com um aspecto esbranquiçado.

E, como está mais ressecada, a pele também perde sua elasticidade, o que pode gerar feridas e o aprofundamento de alguns sinais de envelhecimento, como rugas e linhas finas. O ressecamento causa também unhas mais fracas, couro cabeludo sensível e propenso à caspa e lábios com rachaduras e descamação.

Cuidados com o corpo no inverno

A pele é o órgão que mais sofre com as agressões do frio. Como já dissemos, ela perde grande parte da hidratação, apresenta perda de elasticidade, descamação e opacidade.

Para evitar esses problemas, você deve saber como como cuidar da pele no inverno. O principal objetivo, nessa estação, é a hidratação. Por isso, além de tomar muita água e evitar banhos muito quentes, invista em produtos hidratantes para o corpo específicos para as necessidades do seu tipo de pele e use diariamente logo após o banho, ainda com a pele úmida.

E não precisa, necessariamente, tomar banho frio, mas tente sempre optar por temperaturas mais amenas ou por banhos mais curtos. Como já dissemos, a água quente é uma das responsáveis pela pele seca no inverno.

Outro exemplo de cuidados com o corpo nessa estação é evitar fazer esfoliação da pele, pois isso pode deixá-la mais sensível. E, para quem já tem a pele mais seca, o óleo de banho pode ser uma ótima aquisição.

O que passar na pele no inverno?

Agora que você já sabe por que a pele fica ressecada no inverno, deve estar se perguntando quais são os cuidados com o corpo para evitar ou tratar isso. A boa notícia é que dá, sim, para combater os principais problemas relacionados às baixas temperaturas.

Potencializar a hidratação e cuidar da alimentação são algumas dicas básicas de cuidados com o corpo no inverno. Contudo, você pode focar em tratamentos específicos para cada região do corpo e obter resultados ainda melhores!

Cuidados com as mãos no inverno

As mãos também costumam sofrer bastante com o inverno. Elas ficam expostas ao clima e manipulam todo tipo de objeto e substância, o que pode levar a um processo acelerado de envelhecimento.

Para reverter isso e evitar ficar com a pele seca no inverno, a treinadora oficial da Clarins, Maria Cristina Abdias, sugere a intensificação dos tratamentos. “As mãos também merecem cuidado especial quando o clima se torna mais seco e você pode aproveitar para fortalecer as suas unhas enquanto as hidrata com tratamentos para as mãos”, explica.

Nossa dica de como cuidar da pele das mãos no inverno é usar hidratantes específicos para essa área. De preferência, sempre que lavar as mãos. E, caso queira ainda mais dicas de cuidados com a pele das mãos, confira nosso texto sobre spa day caseiro!

Cuidados com as pernas e pés no inverno

Algumas regiões são naturalmente mais ressecadas, como pés e joelhos. Além disso, os banhos quentes, o atrito com meias e sapatos fechados (desconfortáveis, muitas vezes) e o baixo consumo de água fazem com que as pernas e pés apresentem ressecamento intenso.

Se você está procurando formas de como cuidar da pele no inverno e tem como principal foco essas partes do corpo, vale investir em produtos específicos de tratamento para pés e pernas ou produtos mais potentes, como manteigas e cremes corporais com ingredientes muito hidratantes na composição, como ureia ou manteiga de karité.

“Para evitar as pernas ‘russas’ por causa da pele seca no inverno e ainda sentir um alívio e bem-estar no final ou início do dia, uma boa aposta é o Energising Emulsion. Esse tratamento de textura muito fluida descansa e alivia as pernas cansadas, refresca e proporciona uma imediata sensação de leveza, alívio e bem-estar e deixa a pele flexível e suave, além de contribuir para manter seu nível de hidratação”, recomenda Maria Cristina Abdias.

A treinadora da Clarins acrescenta: “Já para os pés, a fórmula do Foot Beauty Cream é ideal: ela contém óleo de castanha de caju, que combate o ressecamento enquanto a manteiga de karité repara e amacia os pés. Contém também arnica, que combate o cansaço; a mirra, que reforça e embeleza as unhas; o óleo essencial de tomilho, com propriedades purificantes; e pó de Laponite, que absorve a umidade”.

Cuidados com os braços no inverno

Outra área do corpo que é também naturalmente mais ressecada é o cotovelo. Então, para evitar uma piora da pele no inverno e aquela aparência esbranquiçada, é essencial cuidar também dessa região — e, claro, aproveitar para hidratar o restante do braço.

Nossa dica do que passar na pele no inverno com foco nos braços é apostar em produtos firmadores e redutores de medidas. Aliás, não só nos braços, mas também na barriga e no bumbum, já que no inverno costumamos ficar menos dispostos e, por isso, acabamos muitas vezes deixando os exercícios de lado. Esses produtos, além de hidratar, também ajudam a manter o tônus.

Cuidados com os lábios no inverno

Os lábios sofrem muito com o frio, pois ficam expostos quase que permanentemente. Por isso, é comum que eles apresentem descamação e até rachaduras durante o inverno. Para evitar esse problema é importante manter a pele dos lábios sempre bem hidratada.

Abuse dos balms e dos produtos hidratantes para lábios e leve um sempre com você para reaplicar ao longo do dia. E confira também nosso guia de tratamento para lábios!

Cuidados com as unhas e cabelos no inverno

Não é só a pele que sofre com os efeitos do frio. Unhas e cabelos também são afetados pela queda da temperatura e alteração dos nossos hábitos durante o inverno. Então, nada de descuidar dessas partes do corpo, hein!

Cabelos

Os cabelos também sofrem durante a temporada de frio: a água quente que usamos para tomar banho, o intenso uso do secador nesta época do ano, o fato de bebermos menos água e consumirmos mais alimentos mais gordurosos contribuem para o enfraquecimento dos fios.

As consequências você já conhece: frizz, ressecamento, descamação do couro cabeludo, aumento da oleosidade por causa do efeito rebote (quanto mais seco o couro cabeludo, mais o corpo entende que precisa aumentar a produção de oleosidade para compensar) e pontas duplas.

Para evitar esses problemas (ou remediá-los), siga nosso guia de cuidados com o cabelo no inverno. O básico é fazer hidratação com um produto específico para as necessidades do seu fio semanalmente, deixar pelo tempo indicado pelo fabricante e enxaguar com água mais fria possível. Isso vai fazer com que as cutículas capilares se fechem, aumentando o brilho e disciplinando o cabelo.

Unhas

Além dos cuidados com o corpo no inverno e com os cabelos, é importante cuidar das unhas também, pois elas também são vítimas da falta de hidratação neste período. Como ficam expostas ao frio, elas perdem muita umidade e ficam mais fracas e quebradiças. As cutículas também ressecam e podem descamar, deixando aquelas pelinhas incômodas.

Portanto, assim como você precisa saber como cuidar da pele no inverno, precisa também aprender os cuidados necessários com as unhas. Reforçar a atenção a elas com produtos específicos para unhas é fundamental nos dias frios. Encontre seus preferidos e faça um spa de unhas pelo menos uma vez a cada duas semanas para mantê-las bonitas e saudáveis.

Ah, e evite tirar as cutículas ou empurrá-las com materiais metálicos neste período. Como elas estão ressecadas, podem machucar mais facilmente. Por isso, invista em ceras e hidratantes específicos para elas e aplique todos os dias, sempre que lavar as mãos. Evite também usar acetona para retirar o esmalte e abuse das bases fortalecedoras.

Gostou das nossas dicas de como cuidar da pele no inverno? Então confira a seguir alguns dos nossos produtos preferidos e comece já a cuidar de todo o seu corpo!

Compartilhar