Acne: entenda o que é e conheça dicas para tratar

Comum na adolescência, a acne é uma condição de pele que pode continuar ou mesmo surgir durante a vida adulta e gera incômodo estético, físico e até mesmo psicológico. Este texto é para te ajudar a entender melhor esse problema e saber como você pode combatê-lo!

O que é acne?

A acne é uma condição de pele caracterizada pela obstrução de folículos capilares e glândulas sebáceas por óleo ou células mortas. Essa obstrução gera um processo inflamatório, que levam às espinhas e cravos.

Como já adiantamos, a acne é mais comum na adolescência, época em que há um aumento na produção de hormônios sexuais e quando as glândulas sebáceas são mais ativas. Porém, essa condição pode se estender — ou até mesmo começar — durante a vida adulta, principalmente para mulheres. E a acne é mais frequente no rosto, mas pode aparecer também nas costas, ombros e peito.

Acne: entenda o que é e conheça dicas para tratar

O que causa a acne?

São diversas as possíveis causas da acne. Existe uma forte influência genética, podendo ser hereditária, mas ela pode também ser desencadeada por outros motivos — como no caso da mascne, que é causada pelo uso da máscara de proteção facial.

Algumas das causas mais comuns são:

  • Excesso de oleosidade na pele;
  • Mudanças hormonais, como na adolescência, no período menstrual ou na gravidez;
  • Exposição solar exagerada;
  • Alguns medicamentos, como corticoides;
  • Estresse;
  • Dentre outros.

Quais são os tipos de acne?

Existem várias formas de tratamento para esse problema, que variam de acordo com os tipos de acne, a gravidade e a localização. Conheça um pouco sobre esses tipos:

  • Comedões: conhecidos como “cravos”, aqueles pontinhos pretos na superfície da pele, são causados pelo entupimento com sebo dos folículos capilares;
  • Pápulas: conhecidas como “espinhas internas”, essas pequenas lesões são sólidas, arredondadas, elevadas, endurecidas e avermelhadas;
  • Pústulas: conhecidas como “espinhas”, são como as pápulas, mas têm pus;
  • Nódulos e cistos: maiores que as pústulas, essas lesões são caracterizadas pela inflamação que se expande por camadas mais profundas da pele, podendo ser dolorosas e causar cicatrizes.

Agora que você já conhece os tipos de acne, vamos à classificação de acordo com a gravidade:

  • Grau 1: há apenas cravos;
  • Grau 2: cravos, espinhas internas e espinhas;
  • Grau 3: cravos, espinhas e cistos;
  • Grau 4: cravos, espinhas, cistos e lesões que podem se interconectar.

O que fazer para melhorar a pele com acne?

Nós sabemos que lidar com essa condição não é fácil e que você muito possivelmente está procurando o que fazer para melhorar a pele com acne, certo? Nosso melhor conselho é procurar um dermatologista para identificar o seu tipo de acne e o melhor tratamento.

Existem tratamentos tópicos — ou seja, sobre a pele, onde a acne está —, por via oral e até com antibióticos. Em situações mais leves, menos graves, o tratamento pode ser feito apenas no local e os demais devem ser prescritos e acompanhados por um médico.

No caso de tratamentos tópicos, existem vários tipos de produtos que auxiliam a desobstruir os poros, diminuem a oleosidade e até reduzem a proliferação de bactérias. Dentre eles, é possível encontrar muitas opções de sabonete para acne, pomada para acne e outros.

Sabonete para acne

Manter a pele limpa é essencial para esse tipo de tratamento e é aí que entra o sabonete para acne. E nós temos algumas indicações para você:

Existem ainda outros tipos de produtos antiacne que você pode usar para cuidar desse problema:

Componentes antiacne

Se você observar a lista de ingredientes dos produtos antiacne, vai perceber que alguns componentes se repetem entre eles. Alguns dos mais comuns — e que realmente fazem diferença — nesse tipo de produto são: 

  • Ácido salicílico;
  • Ácido azeláico;
  • Ácido glicólico;
  • Niacinamida;
  • Peróxido de benzoíla;
  • Retinóides.

Como prevenir a acne?

O tratamento é algo super importante e inclusive o recomendado é que seja feito o mais cedo possível para manter a saúde da pele e evitar cicatriz de acne e outros problemas. Porém, você pode também adotar algumas atitudes para prevenir essa condição, como:

  • Higienize a sua pele duas vezes ao dia com produto indicado para pele acneica ou oleosa;
  • Sempre remova sua maquiagem ao final do dia;
  • Evite produtos comedogênicos e que aumentem a oleosidade da pele;
  • Dê preferência a produtos oil free;
  • Evite exposição exagerada ao sol — você pode ficar com a impressão que isso melhora a situação, mas é temporário e pode piorar a sua acne;
  • Sempre use protetor solar para evitar manchas de acne e cicatrizes;
  • Nunca mexa nos seus cravos, espinhas e cistos, isso pode acabar causando inflamação e você pode ficar com uma cicatriz de acne no lugar.

Agora que você já sabe o que é acne, o que pode causá-la, quais são os tipos e como tratá-la, está pronta para enfrentar esse problema de cabeça erguida

Compartilhar