Vitamina C para o Rosto: para que serve e como usar

Você, com certeza, já ouviu falar sobre a vitamina C para o rosto. Pode ter sido a sua dermatologista, aquela influencer que você adora acompanhar ou mesmo uma amiga que ama cuidar da pele.

E sabe por que todo mundo fala tanto sobre a vitamina C facial? Essa substância previne o envelhecimento da pele, atenua linhas finas, ajuda a combater manchas e mais! São benefícios incríveis que fizeram com que ela se tornasse queridinha e, há quem diga, indispensável na rotina de skincare.

Para que serve a vitamina C para o rosto?

A vitamina C é um nutriente essencial não produzido pelo corpo humano. Ela pode ser ingerida ou usada de forma tópica. Como a pele fica exposta a agressões cotidianas, como a poluição e a luz solar, é recomendado fazer o uso de vitamina C de maneira tópica para garantir e aproveitar seus muitos benefícios, como:

  • Ação antioxidante, que protege a pele dos efeitos nocivos dos raios solares;
  • Neutralização de radicais livres, promovendo a prevenção ao envelhecimento precoce;
  • Atenuação dos primeiros sinais de envelhecimento da pele, como linhas finas;
  • Combate a manchas e uniformização do tom da pele;
  • Incentivo à produção de colágeno e elastina, melhorando a firmeza;
  • Pele mais lisa, macia e com glow natural.

Quais os tipos de vitamina C para o rosto?

Com tantos benefícios, como não desejar ter uma vitamina C facial na rotina de cuidados com a pele? Mas, para fazer essa inclusão, você deve estar se perguntando quais os tipos de vitamina C para o rosto e qual é a melhor, certo?

Bom, o seu produtinho para a pele pode ser feito com vitamina C pura ou com derivadas. A vitamina C pura, chamada de ácido ascórbico ou ácido l-ascórbico — é assim que você vai encontrá-la na composição —, é bem frágil, oxidando facilmente em contato com o ar ou com água, o que faz com que ela perda suas propriedades.

Devido a essa característica da vitamina C pura é que surgiram seus derivados, como esses:

  • Palmitato de Ascorbila ou Ascorbyl Palmitate: é o derivado mais comumente encontrado em cosméticos, tem fórmula lipossolúvel, é nanoencapsulado e tem alta estabilidade;
  • Fosfato de Ascorbil Magnésio ou Magnesium Ascorbyl Phosphate: derivado de vitamina C mais indicado para peles sensíveis.

Qual é a melhor vitamina C para o rosto?

Agora que você já sabe quais os tipos de vitamina C para o rosto, possivelmente está se questionando qual é melhor. A resposta é: depende. A vitamina C para o rosto varia em dosagem, que, normalmente, fica entre 5% e 20% — e é importante saber que a pele só consegue absorver concentrações até 20%.

Isso quer dizer que quanto mais concentrada, melhor? Não necessariamente. Uma pessoa que nunca usou vitamina C facial pode ter reações indesejadas, como irritações e acne, se começar por um produto com concentração alta.

E é possível encontrar produtos bastante eficazes mesmo com concentrações mais baixas de vitamina C para o rosto. Como vimos anteriormente, derivados podem ser mais estáveis, o que é um ponto bastante positivo. Além disso, uma fórmula com menor concentração de vitamina C pode vir associada com outros ingredientes que garantem um resultado vantajoso, muitas vezes mais abrangente e potente.

Além da concentração, outro ponto que você deve considerar ao definir qual é a melhor vitamina C para o rosto para você é a textura do produto. Para quem tem a pele oleosa, por exemplo, o mais recomendado é escolher entre as opções mais sequinhas, como o sérum ou outros produtos mais leves.

Para peles secas, o creme para o rosto com vitamina C pode ser a melhor opção. E, se você for usar durante o dia, os produtos mais sequinhos podem ser mais confortáveis, mas, se for usar à noite, pode ser um mais cremoso.

Como usar a vitamina C no rosto?

Chegamos a uma das perguntas mais comuns sobre esse assunto: como usar a vitamina C no rosto? Para você não errar, fizemos um passo a passo:

  1. Primeiramente, faça a limpeza da pele;
  2. Com o rosto limpo, espalhe a vitamina C facial com os dedos;
  3. Se for aplicar outro produto após, como um hidratante ou um protetor solar, espere a vitamina C secar no rosto.

A vitamina C para o rosto pode ser usada por pessoas de qualquer idade, desde as que estão estão entrando na vida adulta e querem começar seus primeiros cuidados com a pele àquelas que têm peles maduras.

E, respondendo ainda como usar vitamina C no rosto, o recomendado é que o uso seja diário! Se quiser mais resultado, procure composições que unam esse ingrediente com outros ativos:

  • Com ácido hialurônico, o foco costuma ser o rejuvenescimento;
  • Com vitamina E, minimização de rugas e ressecamento;
  • Com ácido salicílico, otimizar o tratamento de oleosidade;
  • Com o resveratrol, a ação antioxidante e a diminuição de linhas finas e rugas.

Que horas passar vitamina C no rosto?

Outra dúvida bastante comum é sobre que horas passar vitamina C no rosto. É mito que a vitamina C não pode ser usada de dia! Você pode usá-la tanto de dia quanto à noite. As recomendações são:

  • De dia: deve ser usada com protetor solar. Com o rosto limpo, aplique a vitamina C e, em seguida, o protetor. Ela vai potencializar a fotoproteção e ajudar a proteger contra a poluição;
  • À noite: com o rosto limpo, aplique a vitamina C antes de dormir e deixe agir durante toda a noite.

Como guardar a vitamina C para rosto?

Por fim, vamos a uma questão muito importante: como guardar a vitamina C para rosto. Como dissemos lá no comecinho do texto, essa substância é frágil e oxida facilmente. Isso pode ocorrer tanto devido ao contato com a luz do sol quanto com o ar.

Por isso, é importante saber como guardar a vitamina C facial. As embalagens atualmente já ajudam bastante, pois costumam ser opacas, impedindo o contato com a luz. Porém, ainda assim recomendamos guardar em um local fresco e que não fique exposto ao sol.

Caso você já tenha um creme para o rosto com vitamina C ou algum outro produto com esse ativo e esteja se perguntando se o seu já oxidou, é fácil identificar:

  • Mudança de cor: quando a vitamina C oxida, ela escurece, ficando amarelada ou amarronzada;
  • Mudança no cheiro: acontece também uma mudança no cheiro do produto, que fica mais forte ou mesmo azedo.

Se identificar que a sua vitamina C facial oxidou, pare imediatamente de usá-la e jogue fora. O uso pode causar reações alérgicas e até mesmo queimaduras na pele.

Compartilhar